Metodologias Ágeis: um avanço em gestão!

Metodologias Ágeis: o que são e como funcionam!

Métodos visam reduzir custos, gerar eficiência e garantir a satisfação para o cliente 

Como você faz a gestão dos projetos do seu negócio? As Metodologias Ágeis podem te ajudar!

Atualmente, há diversas possibilidades para a administração de equipes, tarefas e empresas como um todo. De mais tradicionais à contemporâneasseja um auto center ou uma loja de pneus, companhias por vezes deixam de aumentar a produtividade, recursos e diminuir custos de forma eficiente por não conhecer formas de gerenciar o negócio.

Neste artigo você vai conhecer as metodologias ágeis e como elas podem ajudar o seu negócio a prosperar 

O que são Metodologias Ágeis? 

São técnicas e métodos que visam aprimorar a gestão de projetos, com foco no cliente e no aprendizado contínuo. Outros fatores característicos às metodologias ágeis são: dinâmica e adaptação! 

Esses dois pontos visam empregar melhorias contínuas ao projeto. 

Para que as metodologias ágeis sejam aplicadas em sua loja de pneus são necessários alguns passos básicos como trabalho em equipe, comunicação e organização. Tudo isso para entregar o melhor produto/serviço, de maneira eficiente para o seu cliente. 

Nascimento das Metodologias Ágeis 

As metodologias ágeis tem origem na fusão de dois conceitos, que se completam.  

O primeiro é o hoje conhecido como Lean Manufacturing e é utilizado em cadeias de produção, como indústriasSua criação remete ao período pós-guerra, com a otimização da produção da Toyota, famosa montadora japonesa 

O segundo é o Scrum, métodos ágeis de gerenciamento de projetos, com foco em otimização de equipes multidisciplinares. 

Do Japão para o mundo: o TPS como origem do Lean Manufacturing 

A história começa um pouco antes da criação do Toyota Production System (TPS)

Kiichiro Toyoda, fundador da divisão de veículos da Toyota, incorporou à montadora o conceito Jidoka criado por seu pai, Sakichi Toyoda, para desenvolver a sua própria ideia de perfeição na produção. Jidoka é a capacidade de interromper automaticamente uma atividade quando há inconsistência, e assim, evitar desperdícios de tempo e recursos.   

método foi criado após Sakichi Toyoda inventar um tear que detectava automaticamente a quebra de um fio.   

Baseado nisso, Kiichiro criou o seu próprio conceito justin-time, que visa produzir o necessário, no tempo e quantidade necessária – um dos pilares do que viria a ser o TPS.  

Anos após a Segunda Guerra Mundial e incumbido da missão de melhorar a produtividade da montadora, o engenheiro Taiichi Ohno uniu os conceitos criados pelos Toyodas após voltar de uma viagem dos Estados Unidos e otimizou a fabricação dos carros japoneses.

Considerado o “pai” do TPS, Ohno observou em solo americano que clientes de um supermercado compravam apenas com quantidade e tempo para seguir com a vida sem desperdício – ou seja, seguiam listas de necessidades.

Ao voltar ao Japão, Ohno criou o método Kanban, um sistema com cartões coloridos que identifica os estágios de um processo de produção, identificando as necessidades e evitando desperdícios.

Scrum: gerenciamento de projetos e eficiência de equipes

O Scrum nasceu após um estudo divulgado em 1986 pela dupla de professores Hirotaka Takeuchi e Ikujiro Nonaka. Os estudiosos perceberam que pequenas equipes, formadas por profissionais multidisciplinares, obtinham melhores resultados na produção de automóveis e alimentos. 

O nome vem da associação com o Rugby, uma vez que o Scrum é o momento da partida em que há uma pausa para reagrupamento e reinicio de jogadas. Todos os jogadores de linha assumem a função de recuperar bola – a união de diferentes características como produtividade!

Em 1993, a Easel Corporation incorporou os estudos de Takeuchi e Nonaka e, liderada por Jeff Sutherland, John Scumniotales, e Jeff McKenna, revolucionou os sistemas de Gestão de Projetos. 

A função primária do Scrum é ser utilizado em um desenvolvimento de software, mas a teoria pode ser aplicada em qualquer segmento. A ideia é que um grupo de pessoas possam trabalhar juntas, unir conhecimentos e desenvolver técnicas para concluir um único objetivo.

Metodologias Ágeis
Comunicação é essencial para o sucesso do projeto

A união faz a força! 

Em 2001, com o lançamento do Manifesto Ágil, as ideias foram mixadas e aperfeiçoadas, e deram origem a valores que são empregados nas melhores práticas de gestão. 

  • Interatividade entre indivíduos; 
  • Ferramentas, como softwares, em funcionamento pleno; 
  • Aproximação e colaboração com o cliente; 
  • Adaptação e mudança de curso quando necessário 

Ao longo do tempo foram colocadas em práticas outras metodologias de gestão, com aperfeiçoamento tecnológico e mais atuais, mas estas duas foram as que deram início a revolução nos setores de produção. 

Métodos Ágeis unificam times
Métodos Ágeis formam times produtivos e vencedores

Aplicação dos conceitos: métodos ágeis!

Kanban, que nasceu do TPS, é voltado para uma gestão visual do projeto. São cards coloridos que podem identificar a divisão das tarefas, e o seu devido andamento. Por exemplo, na sua revenda de pneus, você pode dividir o sistema em quadros descritos dessa forma: 

  • Para Executar; 
  • Em Produção; 
  • Finalizado. 

Com isso, a movimentação de documentos administrativos e do estoque da sua loja de pneus fica clara para todo o time, que pode auxiliar no desenvolvimento das tarefas. Caso tenha incorporado a troca de pneus ao seu negócio, a equipe fica a par de todo o processo, da desmontagem ao alinhamento.

Lean Manufacturing

No Lean Manufacturing, o conceito de evitar desperdícios ganha força e agiliza processos. Pense no dia a dia da sua loja de pneus e incorpore estes passos: 

  • Excesso de produção; 
  • Tempo de espera, ociosidade; 
  • Excesso de etapas, burocracia; 
  • Transporte; 
  • Tempo em processos; 
  • Movimento de insumos; 
  • Defeitos. 

A ideia central no Lean Manufacturing é encurtar processos, reduzir excessos, ou seja, tornar o seu negócio mais enxuto e mais preciso – somente o necessário para alcançar a eficiência.

Scrum!

No Scrum há alguns ciclos que são utilizados em softwares que podem ser aproveitados em outros segmentos. Com a presença de Product Owner e Scrum Master, espécie de gerente e supervisor de processos respectivamente, responsáveis pelo andamento entre os departamentos, você forma etapas como: 

  • Backlog: implementação das funcionalidades; 
  • Spring Planning Meeting: uma reunião para planejar e distribuir as tarefas; 
  • Daily Meeting: reunião diária de alinhamentos das ações; 
  • Sprint Review: encontro das etapas e apresentação das aplicações do processo. 

A comunicação é a chave para que o método Scrum funcione e a cadeia de produção do seu negócio atinja os melhores resultados. Os times que conversam e sabem das etapas, tendem a otimizar as suas funcionalidades.  

Seja numa startup ou em um autocenter tradicional, o gestor do projeto precisa estudar a fundo as metodologias para aplicar o conceito certo, no time certo. Essas visões podem ajudar você a otimizar o seu negócio e aumentar as vendas, com produtividade assertiva e times ágeis.

Na Cantu tem!

De olho nas melhores aplicações, a Cantu trabalha com a ideia de mobilidade e aperfeiçoamento de times, com o intuito de melhorar a produtividade e eficiência para nossos clientes e parceiros.

Se você precisa se movimentar, seja na terra ou no asfalto, converse com um representante e descubra as melhores práticas e produtos para alavancar as suas vendas. E não deixe de acompanhar o nosso blog, sempre há uma dica esperando por você. 😉

Variedade de pneus da Cantu Pneus
Cantu Pneus: a mobilidade para o seu negócio

Deixe uma resposta