Pneus e cana-de-açúcar: cuidados na safra

Pneus e cana-de-açúcar: o uso ideal para a sua produção!

Cuidados com os pneus ajudam a impulsionar o setor 

Quando falamos sobre pneus para o agronegócio, automaticamente pensamos na cana-de-açúcar. Força econômica do Brasil desde o século XVI, a planta entra neste mês de abril no período 2021/2022, início de sua safra. Portanto, os produtores precisam estar preparados para mais uma temporada de colheita – ainda mais com o resultado positivo do ano passado.

De acordo com a União das Indústrias de Cana-de-Açúcar (UNICA), a região Centro-Sul encerrou o ciclo 2020/2021 com mais de 605 milhões de toneladas processadas – aumento de 2,5% em relação ao período anterior. Este movimento impacta diretamente no mix de produção da matéria-prima, sendo o açúcar o maior pedaço da divisão de produção, com mais de 46% do processamento da cana.

Com o dólar em alta, as exportações devem seguir com ritmo forte e processamento da planta deve aumentar.

Outro fator que pode beneficiar o setor é a Índia, pois o país asiático aprovou a comercialização de etanol puro. Este cenário pode beneficiar as exportações brasileiras no futuro devido ao número baixo de destilarias indianas.

Neste artigo, separamos algumas dicas para você utilizar em tratores e outras máquinas agrícolas e, dessa forma, obter os melhores resultados em seu negócio.

Pneus e cana-de-açúcar: os cuidados para a safra

Cana-de-açúcar: os cuidados para o sucesso 

A expectativa de bons negócios faz com que as máquinas trabalhem acima de sua capacidade, acumulando peso e perdendo fôlego. Esse movimento reduz o lucro e traz maiores problemas à produção. Segundo o Gerente Nacional do setor de Agronegócio da Cantu Pneus, André Oliveira, a manutenção preventiva é o segredo para bons resultados:

A manutenção preventiva é sempre o melhor caminho. No quesito pneus, é sempre estar com o equipamento bem ajustado, como pressão de enchimento (sempre consultar o manual da máquina e fabricante do pneu) e lastramento adequado e ajustado do equipamento.

Pneus e cana-de-açúcar
Pneus e implementos necessitam de cuidados preventivos

Pneus: da escolha à conservação

O esforço dos tratores impacta diretamente nos lucros de um canavial. Máquina parada é prejuízo na certa. Por isso, os “sapatos” precisam de uma atenção especial – da escolha à conservação.

Existem diversos modelos de máquinas agrícolas, com características de carga e tamanho diferentes, portanto, escolher o pneu certo para a ferramenta de trabalho adequada é o primeiro passo.

Além disso, há pneus de construção radial e diagonal. O primeiro tem melhor desempenho em economia de combustível e durabilidade, além de compactar menos o solo. No entanto, os custos são mais elevados em comparação com o modelo diagonal. Observar essas diferenças é importante para o equilíbrio entre qualidade e quantidade!

Cuide bem do seu pneu

esforço sobressalente dos tratores normalmente impacta na capacidade de tração e durabilidade dos pneus. Há casos de máquinas que trabalham acima da carga estipulada – uma prática que também deteriora o solo.

Para Andre Oliveira, é imprescindível seguir alguns parâmetros para conservar bem os pneus das máquinas:

A pressão corretamente ajustada diminui o índice de patinagem assim como aumenta a vida útil dos pneus. Já o índice de patinagem bem ajustado, acaba reduzindo consumo de combustível e aumentando a eficiência da máquina, além de preservar o pneu e sanar o problema de ‘galopeamento’ do trator.

Alguns passos são necessários para que a produtividade do seu cultivo não cause danos às máquinas e prejudique os seus negócios. Por exemplo:

Pressão e calibragem dos pneus

Com mais carga do que o habitual, os pneus tendem a ter a pressão alterada, ou seja, perdem a característica padrão. 
 
Estabeleça uma rotina de avaliação e siga as indicações do manual do proprietário. Elas serão as guias para monitorar a durabilidade dos seus pneus, o estado da compactação do solo e, como consequência, o cultivo do seu canavial.

Patinagem

Há um nível de patinagem que os tratores precisam ter para oferecer o melhor desempenho. Normalmente, o índice é de 6% na hora do arranque para ter o equilíbrio entre compactação e tração.

Garanta o percentual adequado utilizando lastros líquidos ou sólidos nos pneus, equalizando o peso da máquina. Mas cuidado! O excesso de lastro impede a patinagem e acarreta no aumento do consumo de combustível e na deformação do solo. A insuficiência de peso, no entanto, aumenta a patinagem devido à falta de tração, diminui a potência do motor e desgasta mais o pneu.

Desgaste

Pneus utilizados fora do padrão de calibragem, pressão e peso tendem a desgastar com maior velocidade. Os sulcos na banda de rodagem precisam estar com índice superior a 25% de profundidade, marca mínima para garantir o desempenho e a segurança, ou seja, manter a integridade do condutor e diminuir o custo de produção.

Na Cantu Tem!

O açúcar e o etanol, por exemplo, são itens brasileiros mundialmente famosos pela qualidade e volume de produção. Para que o setor continue como destaque do paísCantu Pneus segue comprometida a oferecer s soluções necessárias para esse movimento.

Uma dica que deixamos é: entenda a sua produção e avalie o melhor custo-benefício antes de adquirir os pneus do seu trator. Nós separamos um conteúdo exclusivo para você saber como escolher melhor o pneu da sua máquina, basta clicar aqui!

E não esqueça: acompanhe os nossos conteúdos, pois toda quarta-feira tem uma novidade esperando por você. Inclusive, já leu o nosso artigo sobre a boa produtividade na lavoura? Acesse aqui!

E, se precisar de uma ajuda, para tornar a sua mobilidade ainda mais efetiva, converse com um de nossos representantesA essa altura você já sabe: na Cantu tem! 

2 thoughts on “Pneus e cana-de-açúcar: o uso ideal para a sua produção!

Deixe uma resposta