Saiba o que é essencial para manter a boa produtividade da lavoura

Para que corra tudo bem na lavoura é fundamental manter a manutenção do maquinário, que envolve desde cuidados com a parte mecânica até os pneus. Afinal, “os pneus são responsáveis por toda interação entre máquina e solo“, como destaca Giovanno Pretto, gerente de Serviços New Holland Brasil.

“Pneus em boas condições de uso, devidamente calibrados, com o lastro [definido de acordo com o índice de patinagem da operação] e bitola certos, contribuem para o aumento da vida útil de todos os componentes fundamentais para o funcionamento de uma máquina, como embreagem, transmissões, eixos, além de reduzir consumo de combustível, melhorar desempenho e aumentar o conforto da operação.”, destaca Giovanno Pretto.

De acordo com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil conta com mais de dois milhões de máquinas, entre tratores, semeadeiras, colheitadeiras e adubadeiras. Levando em consideração que o agronegócio é responsável por 24% do PIB do País, lançar mão da mecanização significa tornar a lavoura mais produtiva e rentável para o agricultor, contribuindo, assim, para suprir a demanda mundial de alimentos.

Em contrapartida, investir em máquinas agrícolas não deixa de ser uma fonte de gastos e requer uma manutenção em dia para que o funcionamento mecânico não torne um problema durante a produção. A manutenção de cada máquina deve ser permanente e planejada de acordo com o momento certo de operação, pois a maior parte do maior parte dos casos o uso de certos maquinários é sazonal, tendo período de parada.

Uma vez revisada e abastecida, a máquina está apta para exercer sua função sem riscos e evitar possíveis quebras e mau funcionamento. “O mínimo esperado é que sejam seguidas as recomendações do manual de operação, fazendo as revisões e as inspeções no tempo indicado. Ações simples melhoram o desempenho, reduzem consumo e desgaste e, no fim, aumentam a rentabilidade do produtor.”, ressalta Pretto.

Ele reforça que as concessionárias da New Holland oferecem toda estrutura de serviços e peças para as revisões periódicas e manutenções preditivas que auxiliam na melhoria da disponibilidade das máquinas.

Máquinas paradas por longos períodos podem apresentar problemas ao serem religadas, “especialmente com relação ao ressecamento de borrachas, sistema hidráulico e conexões elétricas”, reforça Pretto. No que diz aos pneus, o principal problema está relacionado a eventuais deformações e desbalanceamento.

Por isso, o recomendado é, no caso de não utilizar a máquina por um período prolongado, montar calços ou outros suportes sob os eixos para afastar as rodas do solo e, com a máquina elevada, manter os pneus vazios — para maior durabilidade deles. E, no momento de religar a máquina, utilizar a pressão, lastro, índice de antecipação (representa o quanto as rodas dianteiras estão auxiliando na tração do trator) e patinagem corretos.

Deixe uma resposta