Sustentabilidade na logística

Elaborados uma lista com algumas práticas para tornar o seu negócio na logística mais sustentável

Um dos assuntos que se tornaram centro das atenções nos últimos meses entre as empresas foi a sustentabilidade. No setor de logística, os holofotes também estão voltados para o tema.

A pauta abrange três pilares fundamentais para o negócio: preocupação com o impacto ambiental; atuação eficiente, com o menor desperdício possível, para gerar economia mais lucrativa e desenvolvimento de diretrizes sociais.

Para tornar a cadeia de distribuição mais otimizada, novas tecnologias como armazenamento de dados na nuvem, Inteligência Artificial (IA) e Blockchain tem tido um papel de extrema importância.

No que diz respeito ao meio ambiente, as boas práticas vão desde utilizar plataformas que calculam a quantidade de emissão CO2 na atmosfera, em que parte do lucro da operação do transporte é direcionada para doação às ONGs ligadas ao meio ambiente até ações de inventivo à reciclagem, como, por exemplo, o mesmo veículo que realiza a entrega de determinado produto faz a coleta das embalagens vazias.

Dentro desse contexto, fizemos uma lista de iniciativas voltadas para a sustentabilidade na logística. E se você tem alguma dica de atitude ecológica na cadeira de suprimentos, compartilha com a gente! 😊

COMECE DO BÁSICO

Adote políticas como de logística reversa, que abrange o descarte adequado de resíduos e ao retorno de produtos para reaproveitamento. Faça coleta seletiva e estipule metas para consumo consciente de água e energia.

ESTEJA SEMPRE ATENTO À SUA FROTA

Desenvolva estratégia para manter a manutenção preventiva dos veículos em dia. Mantê-los em bom estado colabora para um consumo reduzido de combustível, poluindo assim menos o meio ambiente.

VEÍCULOS NOVOS E EFICIENTES

Pensados cada vez mais para aliar produtividade com consumo econômico de combustível, os veículos atuais podem ser a primeira alternativa para investir em uma logística mais sustentável.

OTIMIZAÇÃO DE ROTAS

O rastreamento das operações torna as entregas e coletas mais inteligentes e funcionais e ajuda na tomada de decisões quando acontecem imprevistos no trajeto de algum caminhão.

COMBUSTÍVEIS MENOS POLUENTES

De acordo com um estudo realizado por físicos da Universidade de São Paulo (USP), os veículos movidos a diesel (é o caso de caminhões e ônibus) são responsáveis por cerca da metade da concentração de compostos tóxicos na atmosfera como benzeno, tolueno e material particulado. Hoje em dia é possível encontrar opções como biodiesel (combustível biodegradável derivado de fontes renováveis vegetais e animais) e de diesel com menor quantidade de enxofre na fórmula. Existem também produtos pensados para usar no motor que ajudam a reduzir a emissão de poluentes.

INVESTIR EM MÃO-DE-OBRA LOCAL

Contratar profissionais que moram na cidade onde a empresa atua é uma maneira de contribuir com o desenvolvimento da região e tornar o processo de contratação menos burocrático.

OLHE SEMPRE PARA O CAPITAL HUMANO

Fomente sempre o desenvolvimento dos seus colaboradores, invista em capacitação e valorize a equipe com pequenas iniciativas para que todos se sintam reconhecidos e estimulados, contribuindo para o melhor desenvolvimento da empresa.

Deixe uma resposta